Nolan Escreve sobre Ledger

Escrevendo para a revista Newsweek, o diretor de "Batman Begins" e "Batman O Cavaleiro das Trevas", Chistopher Nolan, manifestou-se em relação ao falecimento de Heath Ledger, citando o contato que teve com o ator durante as filmagens do novo longa do Morcego. A tradução da crônica você lê na íntegra aqui, no BHQ+:


"
Um Carisma Natural como a Gravidade

Por Christopher Nolan

Uma noite, enquanto eu estava na rua LaSalle em Chicago, tentando organizar uma filmagem de "O Cavaleiro das Trevas", um assistente de produção passa de skate bem em frente à minha linha de visão. Silenciosamente, eu amaldiçoei o momento que Heath andou de skate pelo set pela primeira vez, totalmente caracterizado e de maquiagem. Eu me irritei ao pensar na reação dos fãs de Batman a um Coringa skatista, mas o resultado daquilo foi a proliferação de skatistas entre os jovens membros da equipe. Se você perguntasse àqueles garotos por que resolveram trazer seus skates para o trabalho, eles responderiam com sinceridade que não sabiam. Isso é o verdadeiro carisma - tão invisível e natural quanto a gravidade. Isso é o que Heath tinha.

Heath estava se consumindo com tanta criatividade. Estava em cada gesto dele. Ele uma vez me disse que preferia esperar um tempo entre cada trabalho até que estivesse faminto criativamente. Até que ele precisasse daquilo de novo. Ele trouxe aquela atitude para o set todos os dias. Não há muitos atores que possam fazer você se sentir envergonhado de quão freqüênte sejam suas reclamações sobre ter o melhor emprego do mundo. Heath era um deles.

Uma vez ele e outro ator estavam filmando uma cena bem complexa. Nós tínhamos dois dias para filmar e ao fim do primeiro dia, eles realmente se encontraram em cena e Heath ficou preocupado já que poderia perder o momento caso o processo fosse parado. Ele queria ficar e terminar. É difícil pedir à equipe para trabalhar até tarde, quando se sabe que há tempo suficiente para fazer aquilo no dia seguinte. Mas todos pareciam entender que Heath tinha algo especial naquela hora e que tínhamos que capturar antes que desaparecesse. Meses mais tarde, eu fiquei sabendo que quando Heath deixou o set naquela noite, ele secretamente agradeceu a cada membro do grupo por trabalhar até tarde. Secretamente. Sem tentar aparecer, mas apenas sendo grato pela chance de criar o que lhe fora dado.

Aquelas noites nas ruas de Chicago estavam cheias de dublês. Podem ser momentos entediantes para um ator, mas Heath estava fascinado, ansioso por aceitar nosso convite para subir no carro de produção com a câmera enquanto perseguíamos outros veículos numa cena de tráfego intenso - não era só a emoção do passeio, mas a de fazer parte dele. De tudo. Ele trouxe seu laptop com ele no carro e nós tivemos uma exibição em alta velocidade de dois de seus trabalhos em andamento: curtas-metragem que ele mesmo havia feito que eram excitantes e atormentadores. Sua exuberância me fez sentir atordoado e sem rumo. Eu nunca me senti tão velho quanto a vez que assisti Heath explorando seus talentos. Aquela noite eu fiz uma oferta a ele - sabendo que ele não me deixaria na mão - que ele se sentisse à vontade para vir ao set quando tivesse uma noite de folga para que pudesse ver o que tínhamos em projeto.

Quando se chega à sala de edição depois de filmar um longa, você sente a responsabilidade que tem para com um ator que confiou em você e Heath nos deu tudo que tinha. Quando comecei a cortar o filme, eu já podia imaginar cada tomada escolhida, cada corte feito. Eu podia visualizar o dia de exibição quando mostraríamos a ele o trabalho finalizado - sentado três ou quatro fileiras atrás dele, observando os movimentos de sua cabeça para ter pistas do que ele estaria pensando sobre o que fizemos e entregamos. Agora aquela exibição nunca vai acontecer. Eu o vejo todos os dias na ilha de edição. Eu estudo seu rosto, sua voz. E eu sinto uma terrível falta dele.

De volta à LaSalle Street,eu voltei-me para meu diretor-assistente e disse a ele que apagasse a memória do garoto skatista da minha mente quando percebi - é Heath, fazendo um woolly, que atrai meus olhos, aqui na noite de folga dele, aceitando meu convite. Não posso evitar o sorriso que ele me provoca.

"

14 comentários:

    Gostou da notícia? Então, sem gastar um centavo, ajude-nos a manter este site. Clique em uma das janelas dos anunciantes.
    No Buscapé, no Submarino e no BHQ+ Indica, você não precisa comprar nada!
    Se quiser uma estatueta do seu herói predileto, acesse o Sideshow pelo banner. Garantimos que vai encontrar o que procura!

    A gente agradece muito!

    Régis Soares
    Pedro Pã

    Heath...q saudades! soh de olhar pra ele jah dava pra saber, ele era do tipo q atraia as mulheres, pq era bonito, e tinha aquele jeito de menino e homem ao msm tempo, e chamava a atençao dos homens, pq era extremamente sedutor, sua voz tinha poder, grudava na mente, seus papeis eram feitos do melhor q ele tirava dele msm, dava pra saber soh de olhar pra ele. Quantas vezes eu assisti os filmes dele? varias, e garanto q nenhuma foi igual as outras. Isso naum da pra esquecer, eh uma marca mto forte q fica.

    Ledger nos deixa justamente no auge. No clímax de nossos sentimentos por ele e pelo que estava fazendo...

    Perfeita a reportagem, Régis. Nolan demonstra neste depoimento o respeito e a admiração que ele tinha pelo ator Heath Ledger, com quem tenho certeza, ele faria novos trabalhos.

    On sexta-feira, fevereiro 01, 2008 Rodrigo "The Dark Knight" disse...

    Falta é pouco. Cada um de nós perdeu um amigo, um ente muito querido. Descanse em paz, caro Heath. Sua luz nos iluminará para sempre!

    Que saudades,não podia ter nos deixado!A Saudade é muito forte,só quem é fã mesmo entende essa dor,de assistir seus trabalhos e não o ver mais presente na vida!Sua linda HISTÓRIA DE VIDA!Heath o mundo Te AMA!
    Heath Eterno!
    Saudades em fim!



    Não sei porque você se foi
    Quantas saudades eu senti
    E de tristeza vou viver
    E aquele adeus não pude dar
    Você marcou a minha vida
    Viveu, morreu na minha história
    Chego a ter medo do futuro
    E da solidão que em minha porta bate
    E eu Gostava tanto de você...

    Muito bom, Régis!

    Compartilhar esse depoimento sobre Heath-Coringa-Skatista foi demais!

    Consigo ver claramente o espírito moleque do Coringa de Ledger! Consigo imaginar com perfeição a cena. O Coringa dele deve estar muito complexo! Com uma multiplicidade de identidades.

    On quinta-feira, julho 31, 2008 Juliana R.S disse...

    Nossa, esse texto é maravilhoso, fiquei emocionada!

    Com a perda de Ledger,o cinema fica com menos um brilho e criatividade!! Via nele um ator completo, que se entregava ao seu trabalho de corpo e alma!!!!De jeito cativante....!!!
    Dou graças a Deus de ele ter nos permitido a memória só assim poderemos lembrar de Ledger pra sempre e ñ nos fazer cair no grande buraco da suadade q sentimos dele!!!!

    Brenda Filan:

    Nossa... muito lindo esse texto do Nolan falando do Heath!! Não teve como conter as lágrimas... é muito triste pensar não o veremos mais... que ele não fará mais filmes pra gente! Saudade eterna dele...
    que Deus o tenha em seus braços e o guie em sua evolução...
    Heath saudades...

    Heath Ledger surpreendeu em vida e não decepcionou, mesmo após sua morte!

    Perfeito oq ele escreveu sobre o Heath...
    Ledger era realmente perfeito em td oq fazia...

    saudades eternasssss

    On domingo, agosto 17, 2008 priscila disse...

    heath ledger foi e sempre será incrível! acredito que os bons se vão antes e tenho certeza que ele cumpriu sua jornada com seus filmes, suas grandes frases e seu jeito de ser :) concordo com Nolan !

    heath ledger sempre (L)

    On terça-feira, março 10, 2009 Anônimo disse...

    Poxa vida, que tristeza, cara!!! E agora, o que será do cinema sem o Heath? O que será do mundo sem o Heath?
    Ele era um ator talentosíssimo, esforçado, e uma pessoa de bem, além de ser um homem lindo. Eu assisti "O segredo de Brokeback Mountain", e fiquei impressionada com a perfeição e o realismo da interpretação do Heath.
    Valeeeeeeeeeeeeeeeeeu!!!

Disqus

comments powered by Disqus

BHQMais.com por Simplex